Por tamara.coimbra
Publicado 10/11/2014 11:07 | Atualizado 10/11/2014 11:14

São Paulo - Quinze pessoas foram atropeladas na calçada quando saiam de um culto no Jardim Brasil, na região da Vila Medeiros, Zona Norte de São Paulo, na noite deste domingo. Após o acidente, o motorista quebrou um dos vidros e fugiu a pé do local. Até as 9h desta segunda-feira, o suspeito seguia desaparecido.

De acordo com testemunhas, os fiés saiam do culto em uma igreja evangélica quando um carro em alta velocidade atropelou o grupo. Ao todo são 15 feridos, entre eles sete crianças. Duas das vítimas estavam em estado grave no início da manhã desta segunda.

Carro em alta velocidade (esq.) perdeu o controle da direção%2C atropelou as pessoas na calçada e atingiu um veículo parado onde uma família embarcavaReprodução TV Globo

O pastor da igreja Visão de Águia é um dos feridos graves. Ele está internado na Santa Casa, no Centro de São Paulo, com traumatismo craniano. A mulher e a filha do pastor também foram atingidas.

Outra vítima em estado grave é um menino de 3 anos que está sendo atendido no Hospital das Clínicas. A mãe e duas irmãs dele, de 6 e 7 anos, também estão feridas. As outras vítimas foram levadas para os hospitais Nipo Brasileiro, Vereador José Storopolia (Vermelhinho) e Mandaqui.

Parentes dos feridos relataram à polícia que o motorista dirigia em alta velocidade antes de perder o controle da direção, atropelar as pessoas na calçada e atingir pelo menos um carro parado próximo à igreja, onde uma família embarcava.

A Polícia Civil já identificou o proprietário do veículo, mas não se sabe ainda se era ele quem estava ao volante no momento do acidente. Com a investigação descobriu-se que o carro não é roubado e que não possui pendências com relação à documentação.

Os agentes investigam ainda se o motorista participava de um racha. Segundo uma testemunha, além do motorista haviam outras duas pessoas no automóvel. A polícia tenta encontrar imagens de câmeras de segurança de imóveis vizinhos que registraram o acidente.

Você pode gostar