Passageira cadeirante se arrasta para embarcar em voo no Paraná

Empresa Gol informou que o equipamento necessário para o transporte da passageira não estava disponível

Por O Dia

Paraná - Uma passageira cadeirante precisou se arrastar por uma escada para conseguir embarcar em um avião da Gol no Aeroporto de Foz do Iguaçu, no Paraná, na madrugada desta segunda-feira. Katya Hemelrijk, de 38 anos, que é coordenadora de comunicação de uma empresa de cosméticos e viajava para São Paulo, onde mora e trabalha, relatou o episódio em seu perfil no Facebook.

Segundo Katya, não havia no aeroporto o equipamento próprio para fazer o embarque de passageiros com deficiência. "A solução foi entrar assim no avião, às 5h20 da manhã. Bem chato GOL Linhas Aéreas Inteligentes. Só não foi pior porque a tripulação e os demais funcionários estavam tão indignados quanto nós e nos ajudaram no que foi preciso, inclusive a resgatar a mala que já estava despachada para que eu pegasse uma calça", desabafou.

Cadeirante precisou se arrastar para embarcar em voo da GolReprodução Facebook

Através de nota, a Gol informou que "o Stair Trac — equipamento utilizado para levar clientes com deficiência física até o interior de aeronaves — da base de Foz de Iguaçu não estava disponível para uso e por isso não pôde ser utilizado durante o embarque do voo 1076. A companhia tentou com as demais empresas conseguir o equipamento, o que também não foi possível".

Ainda segundo a empresa, foram oferecidas "outras alternativas para a cliente, que optou por seguir sem a ajuda dos colaboradores da companhia. A GOL lamenta o ocorrido e informa que tomará as medidas necessárias para evitar que casos como este voltem a acontecer".

Últimas de _legado_Brasil