Polícia aguarda prontuário médico para começar a investigar caso Urach

Inquérito ainda não tem nenhum investigado

Por O Dia

Porto Alegre - A investigação do caso de Andressa Urach, que está internada na UTI devido a complicações após a aplicação de hidrogel nas pernas, ainda não começou. De acordo com a Polícia Civil, o Hospital da Conceição tem até sexta-feira para entregar o prontuário médico da apresentadora. Só após a leitura do relato dos médicos responsáveis pelo tratamento da modelo, a polícia vai poder começar a colher depoimentos. Por isso, o inquérito ainda não tem nenhum investigado.

Andressa Urach está internada na UTI do Hospital Nossa Senhora da ConceiçãoAg. News

Andressa Urach reclama de dores

Através do Twitter, a assessoria da apresentadora tem informado ao público como está a recuperação de Andressa. A modelo já começou a andar, mas ainda sente dores. "Ela está começando a andar. Colocar o pé no chão, sentar. E, depois de tanto tempo deitada, sentir dor nesse processo já era esperado. Ela vem tomando morfina desde que entrou no hospital, mas agora eles estão tirando os medicamentos aos poucos. Como ela teve sepse, a cicatrização vai ser lenta, porque tem que acontecer de forma natural para que ela não fique sujeita a uma nova infecção”.

Últimas de _legado_Brasil