Por tabata.uchoa
Brasília - As apurações de denúncias sobre o esquema de corrupção na Petrobras ganharam um novo capítulo este fim de semana. De acordo com a edição da revista ‘Veja’ publicada ontem, um auxiliar do doleiro Alberto Youssef, Rafael Ângulo Lopez, preso pela Polícia Federal, está negociando a sua participação no programa de delação premiada, em troca de redução de pena. Rafael seria o responsável por entregar pacotes de dinheiro a políticos envolvidos no esquema.
Segundo a revista, um dos políticos envolvidos que teria recebido dinheiro de Rafael seria o ex-presidente, e atual senador, Fernando Collor de Melo (PTB). A entrega a ele, feita em São Paulo, teria o valor de R$ 50 mil. Collor já negou conhecer o doleiro.
Youssef%3A empregado levava dinheiro da corrupção preso no corpo Joedson Alves / Estadão Conteúdo

Já a ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB), que renunciou ao cargo semana passada, também estaria envolvida no escândalo, segundo a revista. A quantia destinada a ela teria sido de R$ 900 mil, entregues na sede do governo do Maranhão. Roseana já havia sido citada pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, que também fez acordo de delação.

Publicidade
A lista publicada pela ‘Veja’ aponta ainda o atual tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, como beneficiário de R$ 500 mil.
Todos os acusados pelo auxiliar negaram ter participado de qualquer esquema de propinas, mas as acusações são veementes e com riqueza de detalhes. Segundo a ‘Veja’, Rafael tem o registro em papel de todas as operações de que teria participado, cumprindo ordens de Youssef. O doleiro é um dos pivôs do escândalo e já negociou a delação premiada, embora tenha descumprido outro acordo nos mesmos moldes que fizera no início dos anos 2000, antes de assumir o esquema desvendado na Operação Lava Jato, da Polícia Federal.
Publicidade
Também indiciado na Operação Lava Jato, Rafael Lopez revelou que carregava o dinheiro acondicionado em sacos de notas espalhados por seu corpo. O auxiliar usava filme plástico, como os que envolvem al38.199219 85.300781 85.300781s-38.199219 85.300781-85.300781 85.300781zm0 0"/>