Quatro indígenas são detidos após protesto no Congresso, informa Funai

Segundo o Conselho Indigenista Missionário, índios estavam se dirigindo ao Ministério da Justiça quando foram detidos

Por O Dia

Brasília - Quatro indígenas foram detidos na tarde desta terça-feira, horas depois de protestarem em uma das entradas do Congresso Nacional. Eles estão no Departamento de Polícia Especializada (DPE), em Brasília. A informação foi confirmada pela procuradora da Fundação Nacional do Índio (Funai), Fátima Sibelli, que está na DPE.

LEIA MAIS: Índios fazem manifestação e tentam invadir a Câmara dos Deputados

“Nós estamos acompanhando a situação. Já tivemos acesso a eles, mas ainda não tivemos a oportunidade de conversar de forma mais prolongada com o delegado”, explicou Fátima. A procuradora afirmou que os indígenas ainda não foram ouvidos pela autoridade policial.

Segundo o Conselho Indigenista Missionário (Cimi), os índios estavam se dirigindo ao Ministério da Justiça quando foram detidos. O secretário executivo do Cimi, Cléber Buzatto, informou que a assessoria jurídica da entidade conversou com os índios na delegacia e que eles relataram ameaças e violência no momento em que foram detidos pela Polícia Militar.

Últimas de _legado_Brasil