Por paulo.lima
Publicado 29/12/2014 16:39 | Atualizado 29/12/2014 16:39

Jericoacoara, CE - A Polícia Civil do Ceará prendeu, de maneira preventiva, uma carioca que acompanhava a italiana Gaia Molinari, que foi encontrada morta no dia 25 de dezembro na Praia de Jericoacoara, a 287 km da capital Fortaleza. O corpo de Gaia foi encontrado com sinais de estrangulamento e, antes de ser ouvida, a carioca passou a ser suspeita do homicídio.

Amiga de Gaia Molinari foi presa por suspeita de homicídioReprodução Facebook


Não há informações sobre a participação da suspeita na morte da italiana. O corpo da turista, que tinha 29 anos, deve ser liberado nesta segunda feira do Instituto Médico Legal (IML) de Sobral. De acordo com o vice-cônsul da Itália no Ceará, Roberto Misici, as autoridades estão dando assistência à família da italiana, que já foi informada sobre a morte de Gaia.

Um laudo da Polícia Civil, divulgado na tarde desta sexta feira, apontou que a turista sofreu vários golpes com objetos cortantes no corpo e no rosto antes de ser asfixiada. O corpo foi encontrado próximo à Pedra Furada, principal ponto turístico da Praia de Jericoacoara.

Antes de ir para a cidade, Gaia estava hospedada em um albergue em Fortaleza. Lá conheceu a carioca, que a convidou para conhecer Jericoacoara. De acordo com os funcionários do estabelecimento, ela deixou alguns objetos no local, como o passaporte e um computador.

Você pode gostar