Tenente perde voo e dá voz de prisão

Incidente ocorreu quase um mês depois de juiz, no Maranhão, ter dado ordem de prisão a três funcionários de empresa aérea

Por O Dia

Brasília -  Depois de se atrasar e perder o embarque num voo de Brasília para Curitiba, um tenente da Aeronáutica deu voz de prisão nesta segunda-feira pela manhã a um funcionário da TAM. O militar estava acompanhado da mulher e, em depoimento à Polícia Civil, afirmou que o funcionário fez chacota da situação deles. O funcionário nega e diz que foi agredido pelo casal.

No depoimento à polícia, o casal contou que aguardava o embarque no portão 29 e só foi avisado da transferência para o portão 19 ao pedir informações no balcão da companhia aérea. Os dois foram os únicos dos 163 passageiros a não embarcar no voo.

O incidente ocorreu quase um mês depois de o juiz Marcelo Baldochi, titular da 4ª Vara Cível de Imperatriz, no Maranhão, ter dado ordem de prisão a três funcionários da TAM ao ser impedido de pegar o voo após o término dos procedimentos de embarque.

Últimas de _legado_Brasil