Morre aos 101 anos a artista plástica Tomie Ohtake

Japonesa naturalizada brasileira sofreu uma parada cardíaca

Por O Dia

São Paulo - A artista plástica Tomie Ohtake morreu nesta quinta-feira, aos 101 anos, em São Paulo. Um dos maiores nomes da arte abstrata no país, Tomie estava internada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde o dia 2 de fevereiro para se recuperar de uma pneumonia.

De acordo com a assessoria do hospital, Tomie estava se recuperando bem, mas foi transferida para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na última terça-feira após sofrer uma broncoaspiração e logo depois uma parada cardíaca, na quarta-feira. 

Japonesa naturalizada brasileira, Tomie vivia no Brasil desde 1936. A artista plástica só começou a pintar profissionalmente aos 40 anos e foi naturalizada aos 55. Tomie ficou conhecida do grande público por conta das enormes esculturas que mudaram a paisagem de São Paulo. Ela já expôs suas obras no Museu de Artes das Américas, nos Estados Unidos, nos Museus de Arte Moderna de São Paulo e do Rio de Janeiro e também em outros seis países.

Tomie Ohtake morreu aos 101 anosDivulgação


Últimas de _legado_Brasil