'Tomie Ohtake era grande dama da pintura nacional', diz Dilma Rousseff

Artista plástica morreu nesta quinta-feira, aos 101 anos, em SP

Por O Dia

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff divulgou nota de pesar pela morte da artista plástica Tomie Ohtake. Sobre o trabalho de Tomie, Dilma a considerou “grande dama da pintura nacional”, e disse que, apesar de japonesa, a artista se tornou “intrinsecamente brasileira”.

LEIA MAIS: Morre aos 101 anos a artista plástica Tomie Ohtake

“A sua capacidade de reunir geometria e cor, movimento e placidez tornaram Tomie Ohtake uma artista única”, escreveu a presidenta, além de prestar homenagens e sentimentos aos familiares e amigos da artista.

A artista plástica Tomie Ohtake morreu nesta quinta-feira, aos 101 anos, em São Paulo. Um dos maiores nomes da arte abstrata no país, Tomie estava internada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde o dia 2 de fevereiro para se recuperar de uma pneumonia.

Tomie Ohtake morreu aos 101 anos, em São PauloDivulgação


Últimas de _legado_Brasil