Por paloma.savedra

Rio - No Rio desde o último sábado, a farmacêutica Miriam França, de 31 anos, considerada pela polícia a principal suspeita de matar a turista italiana Gaia Molinari, em Jericoacoara, no Ceará, em dezembro de 2014, tem recebido o apoio de sua família. Segundo a mãe da carioca, Valdicea França, ela está muito abalada e precisará de ajuda. 

Justiça revoga prisão de carioca suspeita de matar italiana no Ceará

"Ela está em casa. Fiquei com ela esses dias e ela está muito abalada. Todos estamos. Vamos procurar um psiquiatra", disse a mãe de Mirian, Valdicea França

A carioca Mirian França chegou a comprar uma passagem de volta para o Rio de Janeiro durante as investigaçõesReprodução Facebook

Miriam voltou ao Rio neste sábado, depois de ter a prisão revogada na quinta-feira pela Justiça. A jovem chegou a ficar presa por mais de um mês em Fortaleza, no Ceará, e, por meio do Facebook, anunciou sua chegada em terras cariocas. "Oi galera. Cheguei", disse a jovem, que faz doutorado no Instituto de Microbiologia da UFRJ.

Italiana tinha marcas de estrangulamento

Mirian Fraça foi presa preventivamente no dia 29 de dezembro do ano passado. De acordo com a polícia, a jovem acompanhava a italiana Gaia Molinari, 29 anos, encontrada morta no dia 25 de dezembro na Praia de Jericoacoara, a 287 km da capital Fortaleza. O corpo de Gaia foi encontrado com sinais de estrangulamento e, antes de ser ouvida, a carioca passou a ser suspeita do homicídio.

Gaia Molinari chegou a Jericoacoara no domingo pretendia ficar até a véspera do Natal%2C mas decidiu ficar mais diasReprodução Facebook

Um laudo da Polícia Civil, apontou que, além de estrangulada, a turista sofreu vários golpes com objetos cortantes no corpo e no rosto. O corpo foi encontrado próximo à Pedra Furada, principal ponto turístico da Praia de Jericoacoara.

Antes de ir para a cidade, Gaia estava hospedada em um albergue em Fortaleza. Lá conheceu a carioca, que a convidou para conhecer Jericoacoara. De acordo com os funcionários do estabelecimento, ela deixou alguns objetos no local, como o passaporte e um computador.

Você pode gostar