Testemunha de assalto aplica golpe de jiu-jitsu e mata bandido em São Paulo

Suspeito de roubar celular de um casal estava com arma de brinquedo; radiologista aplicou golpe chamado mata-leão

Por O Dia

São Paulo - Um radiologista matou um suspeito de assalto com um um golpe de jiu-jitsu conhecido como "mata-leão" na avenida Guapira, no Tucuruvi, Zona Norte de São Paulo, na noite deste domingo. Segundo a Polícia Civil, o radiologista passava pela rua Paulo de Faria, quando encontrou um casal que tinha acabado de ter o celular assaltado. Ele ofereceu carona às vítimas e quando passavam pela avenida Guapira, distante cerca de 2 km do local do assalto, encontraram o suspeito.

O radiologista desceu do carro e percebeu que o assaltante estava com uma arma de brinquedo. Ele então imobilizou o rapaz com um mata-leão. O assaltante não resistiu ao sufocamento e morreu no local. O resgate chegou a ser chamado, mas ao chegar ao local, o suspeito já estava morto.

O radiologista foi preso e indiciado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar), mas pagou fiança e foi liberado. O caso foi registrado no 73º DP, no Jaçanã.

Últimas de _legado_Brasil