Dilma recebe líderes antes de mandar medidas ao Congresso

Durante reunião com senadores, presidenta evitou polemizar a postura de enfrentamento adotada por Renan Calheiros

Por O Dia

Brasília - Um dia após o embate com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que decidiu devolver a medida provisória que trata de desonerar a folha de pagamento das empresas, a presidenta Dilma Rousseff prometeu aos líderes da base no Senado que vai conversar primeiramente com todos as lideranças antes de enviar propostas ao Congresso. A única ressalva feita pela presidenta refere-se a matérias que tenham impacto imediato na economia.

Presidenta Dilma Rousseff recebe líderes dos partidos da base aliada no SenadoAlan Sampaio / iG Brasília

A promessa foi feita em reunião na manhã desta quarta-feira, no Palácio do Planalto. De acordo com o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE) a reunião desta manhã com os senadores serviu para que o governo já explicasse medidas que serão tomadas com o objetivo de estimular o crescimento econômico e de melhorias no campo social.

“A partir de agora, todas as medidas que o governo tomar serão previamente conversadas com as lideranças. Esta foi uma promessa da presidente aos líderes da base”, disse o senador.

Entre as medidas apresentadas nesta quarta-feira estão as que tem objetivo de estimular as exportações e as recém-lançadas propostas que mexem no programa de tributação diferenciado, o chamado Super Simples.

O senador informou ainda que a reunião foi interrompida antes de esgotarem as conversas, já que a presidente teria que receber, em seguida, os líderes da base na Câmara. “Ficamos de retomar o diálogo na próxima semana”, disse o senador.

Últimas de _legado_Brasil

Dilma recebe líderes antes de mandar medidas ao Congresso O Dia - _legado_Brasil

Dilma recebe líderes antes de mandar medidas ao Congresso

Durante reunião com senadores, presidenta evitou polemizar a postura de enfrentamento adotada por Renan Calheiros

Por O Dia

Brasília - Um dia após o embate com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que decidiu devolver a medida provisória que trata de desonerar a folha de pagamento das empresas, a presidenta Dilma Rousseff prometeu aos líderes da base no Senado que vai conversar primeiramente com todos as lideranças antes de enviar propostas ao Congresso. A única ressalva feita pela presidenta refere-se a matérias que tenham impacto imediato na economia.

Presidenta Dilma Rousseff recebe líderes dos partidos da base aliada no SenadoAlan Sampaio / iG Brasília

A promessa foi feita em reunião na manhã desta quarta-feira, no Palácio do Planalto. De acordo com o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE) a reunião desta manhã com os senadores serviu para que o governo já explicasse medidas que serão tomadas com o objetivo de estimular o crescimento econômico e de melhorias no campo social.

“A partir de agora, todas as medidas que o governo tomar serão previamente conversadas com as lideranças. Esta foi uma promessa da presidente aos líderes da base”, disse o senador.

Entre as medidas apresentadas nesta quarta-feira estão as que tem objetivo de estimular as exportações e as recém-lançadas propostas que mexem no programa de tributação diferenciado, o chamado Super Simples.

O senador informou ainda que a reunião foi interrompida antes de esgotarem as conversas, já que a presidente teria que receber, em seguida, os líderes da base na Câmara. “Ficamos de retomar o diálogo na próxima semana”, disse o senador.

Últimas de _legado_Brasil