Por tamara.coimbra
Publicado 19/03/2015 14:30 | Atualizado 19/03/2015 14:31

Rio Grande do Sul - Um grupo de criminosos invadiu um hospital na Zona Sul de Porto Alegre na madrugada desta quinta-feira, e feriu um agente penitenciário que fazia a escolta de um apenado. O funcionário da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susep) foi baleado em uma troca de tiros dentro do Hospital Vila Nova onde está internado o réu Luís Fernando Barbosa de Lima, o Ninho.

De acordo com a Brigada Militar, cerca de quatro homens armados com pistolas e usando uniformes da Polícia Civil participaram do ato. Os criminosos chegaram em dois carros, invadiram o hospital e atiraram contra os agentes da Susepe, que fazem a guarda de Ninho. A Brigada Militar informou que os homens entraram na instituição atirando.

Um dos agentes levou um tiro de raspão na mão. Os criminosos fugiram.

A polícia investiga ainda o motivo do ataque, pois há hipóteses que poderia ser a tentativa de um resgate ou um acerto de contas. O preso não foi ferido.

Ninho é um dos líderes de gangues na Vila Cruzeiro, Zona Sul de Porto Alegre. Ele é condenado por homicídio, roubos e porte ilegal de arma.

Você pode gostar