Por victor.duarte

Brasília - O ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, disse nesta segunda-feira que o governo considera os protestos do domingo como uma “manifestação democrática”, e está atento às reivindicações apresentadas pelas pessoas que foram às ruas.

Protestos contra o governo reúnem manifestantes em várias cidades do país

Praia de Copacabana é palco de protesto contra o governo Dilma

Ministro-chefe de Comunicação Social, Edinho Silva disse que governo está atento às reivindicaçõesDivulgação

Pela segunda vez em menos de um mês, milhares de pessoas protestaram em cidades de todas as regiões do país, contra o governo da presidenta Dilma Rousseff e pelo fim da corrupção, entre outras causas. Segundo cálculos dos organizadores e das polícias militares estaduais, as manifestações de deste domingo foram menores que as primeiras, no dia 15 de março.

“O governo está atento à pauta das mobilizações. O governo continua governando, mas considerando as manifestações como uma manifestação democrática do nosso país. O governo, como já disse, respeita uma manifestação dessa dimensão. É uma expressão importante da democracia brasileira”, disse o ministro após se reunir com assessores de comunicação do governo.

Cerca de 10 mil pessoas estiveram%2C neste domingo%2C em Copacabana%2C com faixas e cartazes no ato contra a presidenta Dilma RousseffSeverino Silva / Agência O Dia


Você pode gostar