Dilma faz reunião com ministros atrás de agenda positiva

Concessões de aeroportos e estradas também foram discutidas

Por O Dia

Brasília - Em busca de uma agenda positiva e aproveitando o arrefecimento das críticas, a presidenta Dilma Rousseff reuniu-se, durante todo o dia de ontem, com seus principais ministros para preparar um pacote de concessões em aeroportos, estradas e ferrovias que busca destravar a infraestrutura do país. O objetivo é atrair a iniciativa privada para resgatar a confiança nos investimentos, já que seu governo é criticado pelos empresários por focar apenas no ajuste fiscal.

Dilma: reunião de mais de 10 horasReuters

Enquanto Nelson Barbosa (Planejamento) detalhou os projetos de concessão à iniciativa privada, em condições mais favoráveis, Joaquim Levy (Fazenda) discutiu o modelo de financiamento, já que é crítico do investimento público e defende cortes de custos.

Além deles, estiveram presentes Aloízio Mercandante (Casa Civil), Izabella Teixeira (Meio Ambiente), Katia Abreu (Agricultura), Edinho Silva (Secom), Eduardo Braga (Minas e Energia), Antonio Carlos Rodrigues (Transportes), Gilberto Occhi (Integração), Eliseu Padilha (Aviação), Edinho Araujo (Portos), Gilberto Kassab (Cidades) e Ricardo Berzoini (Comunicações). Foram à reunião ainda Miriam Belchior, presidente da Caixa, Alexandre Abreu, presidente do Banco do Brasil, e Wagner BIttencourt, vice-presidente do BNDES.

Entre os aeroportos que deverão ser cedidos estão o Salgado Filho, de Porto Alegrem, e o Hercílio Luz, de Florianópolis, mas seus leilões só devem acontecer no início de 2016. Já quatro rodovias serão concedidas este ano, pois o modelo já está testado e aprovado.

Últimas de _legado_Brasil