Dilma lamenta mortes causadas por terremoto que atingiu Nepal, Índia e China

Presidenta expressou solidariedade aos países envolvidos

Por O Dia

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff lamentou as mortes causadas por um terremoto de magnitude 7,9 na escala de Richter que atingiu o Nepal, neste sábado. O tremor atingiu também os países vizinhos China e Índia.

De acordo com fontes locais, 2.152 pessoas morreram no Nepal, 57 na Índia, 17 na China e uma no Bangladesh, além de milhares de feridos, desaparecidos e desabrigados.

Presidenta Dilma Rousseff expressou solidariedade aos países envolvidosEfe

Em nota divulgada neste sábado, a presidenta lamentou o ocorrido e expressou solidariedade aos países atingidos. "Expresso meu grande pesar pelo terremoto que atingiu o Nepal, Índia e China na manhã deste sábado e que provocou a perda de tantas vidas. Declaro minha solidariedade aos povos desses países e, em especial, aos brasileiros que estão na região e aos seus familiares", diz a nota.

Dilma Rousseff ressaltou na declaração que "a Embaixada do Brasil em Katmandu está tomando todas as providências em apoio aos cidadãos brasileiros que estão no Nepal".

Leia mais:

Forte terremoto no Nepal mata centenas e provoca avalanche no Everest

Brasileira que estava desaparecida após terremoto no Nepal diz que está bem

Últimas de _legado_Brasil