Por felipe.martins

Rio - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmou presença no evento em comemoração ao Dia do Trabalhador marcado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) para sexta-feira 1º de Maio. Desde 2010, Lula não participa de comemoração do Dia do Trabalhador organizada pela CUT. Segundo seus assessores, o motivo que o levou a aceitar o convite foi reforçar sua posição contra o projeto de lei que regulamenta terceirizações nas empresas.

Já a presidenta Dilma Rousseff, em vez de um pronunciamento em TV e rádio, no dia 1º de Maio, decidiu que irá postar um ou mais vídeos nas redes sociais.

Você pode gostar