Em vídeo pelo 1º de Maio, Dilma defende regulamentação da terceirização

'O meu governo tem o compromisso de manter os direitos e as garantias dos trabalhadores', afirmou a presidenta

Por O Dia

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff voltou a movimentar as redes sociais, na tarde desta sexta-feira, em um novo vídeo divulgado no perfil do Palácio do Planalto, no Facebook, em comemoração ao Dia do Trabalho. 

No vídeo, de 1 minuto e 4 segundos, a presidenta afirma ser "importante regulamentar o trabalho terceirizado no Brasil, para que 12,7 milhões de trabalhadores terceirizados tenham proteção no emprego, direitos trabalhistas e previdenciários e garantia de um salário digno".

"Regulamentar a terceirização significa também maior segurança para o empregador. A regulamentação do trabalho terceirizado, porém, precisa manter a diferenciação entre atividades-fins e meio nos vários setores produtivos", disse.

A presidenta ainda afirma que seu governo garantirá os direitos dos trabalhadores. "É preciso assegurar ao trabalhador a garantia dos direitos conquistados nas negociações salariais. É preciso proteger a Previdência Social da perda de recursos e, assim, garantir sua sustentabilidade. O meu governo tem o compromisso de manter os direitos e as garantias dos trabalhadores", completou Dilma.

Em março, houve panelaço em diversas partes do país durante a transmissão do pronunciamento de Dilma em rede nacional no Dia Internacional da Mulher. O ministro da Comunicação Social, Edinho Silva, negou nesta semana que a decisão de não haver um pronunciamento pelo Dia do Trabalho tenha relação com o panelaço ocorrido em março. Segundo o ministro, o objetivo da Presidência é usar outros "modais de comunicação".


Com informações da Reuters


Leia mais:

Dilma não fará discurso em rede nacional no Dia do Trabalho, diz ministro

Renan diz que governo fica enfraquecido sem pronunciamento de Dilma

Dilma exalta valorização do salário mínimo em mensagem pelo 1º de Maio


Últimas de _legado_Brasil