Tribunal da Itália suspende extradição de Henrique Pizzolato para o Brasil

Ex-diretor de Marketing do BB foi condenado no processo do mensalão em 2013 e fugiu para a Itália com passaporte falso

Por O Dia

Rio - O ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato teve a extradição para o Brasil suspensa após decisão do Tribunal Administrativo Regional (TAR) do Lacio. A corte acatou recurso da defesa de Pizzolato contra a decisão do ministro da Justiça da Itália, Andrea Orlando.

Tribunal da Itália suspende extradição de Henrique Pizzolato para o BrasilReprodução Internet

Pizzolato, que foi condenado no processo na Ação Penal 470, o processo do mensalão, em 2013 e fugiu para a Itália com um passaporte falso, seria extraditado para o Brasil para cumprir a pena de 12 anos e sete meses de prisão por lavagem de dinheiro e peculato. Ele foi detido em fevereiro de 2014, em Maranello, por causa de documentação irregular.

O tribunal marcou uma audiência para o dia 3 de junho para discutir o caso. Até esta data, Pizzolato ficará na Itália.

Com informações da Agência Brasil

Últimas de _legado_Brasil