Por clarissa.sardenberg

Bahia - O título de mulher mais velha do mundo pode pertencer a uma brasileira de 120 anos. A baiana Eurides Fagundes, apelidada de "Vovó", desbancou a japonesa Misao Okawa, que morreu aos 117 anos, em abril. Eurides não consegue mais caminhar sozinha, mas continua lúcida. Ela vive em uma casa de apoio a pacientes com câncer em Salvador.

Dona Eurides Fagundes tem 120 anos e mora em uma casa de apoio a pacientes com câncer em SalvadorReprodução TV Bahia

Dona Eurides chegou ao abrigo, em um bairro popular da capital, com câncer no intestino, mas venceu a doença e foi adotada pela casa. Ao descobrirem o registro de nascimento da paciente todos se surpreenderam, pois ela já era centenária. Ela já vive no local há 18 anos.

Vovó nasceu em Salvador no dia 6 de dezembro de 1894, como confirmam os registros de cartório. Na juventude trabalhou como empregada doméstica, teve apenas um companheiro, que morreu ainda jovem, e não teve filhos. Seu documento original foi substituído quando chegou no abrigo.


Você pode gostar