Por victor.duarte

São Paulo - Ainda em greve, professores da rede estadual de ensino de São Paulo realizaram uma assembleia na Praça da Sé, no Centro da cidade, na tarde desta quinta-feira. A audiência entre os educadores e representantes da Secretaria de Estado da Educação, que ocorreu no Tribunal de Justiça, terminou sem acordo.

LEIA MAIS: Professores da rede estadual de São Paulo decidem manter greve

A presidente da Apeoesp, Maria Izabel Noronha, o secretário da Educação, Herman Voorwald, e o procurador-geral do estado, Elival da Silva Ramos, participaram da audiência de conciliação. Os profissionais da educação decretaram greve em 13 de março. Eles exigem reajuste de 75,33% como forma de equiparação com os demais profissionais de nível superior e melhores condições de trabalho.

Professores da rede estadual de ensino em greve se reúnem em nova assembleia em São PauloFoto%3A Taba Benedicto / Agência O Dia
Audiência entre categoria e representantes da Secretaria de Educação terminou sem acordoTaba Benedicto / Agência O Dia


Você pode gostar