Petrobras pede na justiça indenização de envolvidos em esquema

Companhia pede ressarcimento de mais de um bilhão para cinco empresas

Por O Dia

Rio - A Petrobras anunciou nesta sexta-feira que entrou com ações na justiça para exigir indenizações de seus ex-diretores e das empresas que são acusadas de causar prejuízos milionários à companhia.

Até agora a Petrobras abriu dois processos, contra as empresas Engevix e Mendes Júnior e nas próximas semanas pretende abrir outros três contra as construtoras Camargo Corrêa, OAS e Galvão Engenharia, segundo o comunicado.

A Petrobras pede destas cinco empresas o ressarcimento de R$ 1,278 bilhão, o que inclui a devolução do dinheiro desviado, multas e um pedido de indenização por danos morais.

A empresa calcula que, ao longo dos últimos anos, a corrupção causou perdas de R$ 6,2 bilhões. A investigação da Petrobras começou há pouco mais de um ano e desde então levou para a prisão a cinco ex-diretores da empresa e cerca de 20 de executivos de grandes construtoras do país.

Últimas de _legado_Brasil