Presa a mãe que matou o filho autista

Cristiane Renata Coelho colocou chumbinho no sorvete do menino Lewdo, de 9 anos

Por O Dia

Fortaleza - A polícia prendeu na noite de sexta-feira, em Fortaleza, a professora de educação física Cristiane Renata Coelho. Ela é acusada de matar o filho autista Lewdo Bezerra, de 9 anos, há seis meses, com veneno no sorvete. Cristiane se entregou depois de ter a prisão preventiva decretada. Segundo a polícia, Cristiane também tentou envenenar o marido, o subtenente do Exército, Francileudo Bezerra, que sobreviveu.

Mãe colocou chumbinho no sorvete do menino de 9 anosReprodução Internet

Logo após o crime, Francileudo chegou a ser apontado como suspeito e teve a prisão decretada. Em sua versão à polícia na época, Cristiane contou que foi obrigada a ingerir medicamentos para dormir e que foi agredida pelo marido. Ao acordar, ela teria visto o filho morto.

A polícia descobriu, no entanto, que uma mensagem suicida, postada na página de Francileudo em uma rede social, em que o militar dizia ter matado o filho, havia sido alterada enquanto ele estava em coma no hospital. A partir daí, a mãe passou a ser a suspeita do crime.

De acordo com a perícia, Cristiane colocou chumbinho — veneno usado para matar ratos — no sorvete de morango do filho. O laudo concluiu também que ela usou o mesmo produto para envenenar Francileudo. A polícia descobriu ainda que ela teria feito pesquisas na internet sobre chumbinho no dia do crime.

Antes de ter a prisão decretada, Cristiane perdeu a guarda do outro filho do casal, que voltou para o pai.
“Eu sei que ele vai sentir falta do irmão porque os dois eram muito colados”, disse Francileudo, que há duas semanas deu entrada no pedido de divórcio.

Cristiane responde, agora, pelo homicídio do filho e pela tentativa de homicídio do marido, os dois crimes triplamente qualificados. Além disso, há o agravante por terem sido cometidos de maneira cruel e sem chance de defesa das vítimas.

Se for condenada, a professora pode pegar até 30 anos de prisão. Por ter nível superior, Cristiane está em uma cela especial na delegacia de inteligência em Fortaleza e deve ser ir para um presídio na semana que vem.

Últimas de _legado_Brasil