Motoristas e cobradores de ônibus vão paralisar suas atividades por 2h em SP

Cerca de 40 mil trabalhadores vão cruzar os braços em protesto contra o baixo reajuste oferecido pelas empresas

Por O Dia

São Paulo - Motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo vão paralisar suas atividades nesta terça-feira (12), entre as 10h e meio-dia, para protestar contra o sindicato das empresas de transporte coletivo.

Segundo o Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transportes Rodoviário Urbano de São Paulo, que representa cerca de 40 mil trabalhadores, motoristas e cobradores vão cruzar os braços em protesto contra o baixo reajuste oferecido pelas empresas. Nenhum ônibus deve sair dos terminais da cidade e nem mesmo dos pontos finais neste intervalo, informou o sindicato dos trabalhadores. Também deverão paralisar suas atividades os trabalhadores das garagens responsáveis pela manutenção dos ônibus.

Motoristas e cobradores de ônibus vão paralisar suas atividades por 2h nesta terça-feira em São PauloEstefan Radovicz / Agência O Dia

Em entrevista nesta segunda-feira, o presidente do Sindicato dos Motoristas, Valdevan Noventa, disse que a paralisação de duas horas nesta terça-feira foi motivada porque a “proposta apresentada para os trabalhadores é indecente”.

Os motoristas reivindicam reposição da inflação e mais 7% de aumento real, enquanto o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo (SPUrbanuss) ofereceu 7,21% de reajuste. “Não é uma greve, mas uma manifestação que estamos fazendo para sensibilizar o Poder Público e os patrões. A proposta apresentada é indecente, abaixo da inflação”, disse Noventa.

Últimas de _legado_Brasil