Mulher joga óleo quente na amiga durante uma briga por celular

Duas crianças também se feriram

Por O Dia

Aline foi atingida no rostoReprodução

Rio - Uma discussão entre duas amigas por causa de um celular acabou em um acidente grave, na última sexta-feira, no bairro Perequê, no Guarujá, litoral de São Paulo: uma jovem foi ferida por óleo quente no rosto e duas crianças foram atingidas. Segundo testemunhas, o motivo da briga foi o fato de uma ter jogado o aparelho da outra na água.

A agressora, que não teve o nome revelado pela polícia, jogou óleo quente na cara de Aline Cristiane dos Reis, de 24 anos. O líquido acabou atingindo a própria filha da agressora e um sobrinho dela. Todos os feridos estavam na frente da casa da suspeita, no momento do ataque de fúria.

“A minha irmã foi atingida pelo óleo na frente da casa da agressora. A amiga dela tinha planejado tudo. Colocou o óleo quente em uma leiteira e jogou no rosto dela”, contou Vanessa Cristina Reis ao "G1".

Aline foi internada na Santa Casa de Misericórdia de Santos, onde permanecia até ontem. As duas crianças foram atendidas e liberadas. Elas passam bem, mas precisam tomar remédios contra a dor e trocar os curativos.

“O médico suspeitou que o óleo poderia ter atingido a vista dela, mas, felizmente, ela já conseguiu voltar a enxergar. Aparentemente, ela sofreu queimaduras de segundo grau”, explicou a irmã da vítima também ao G1.

O pai do menino ferido, ex-cunhado da agressora, disse que “foi muito óleo”. “Pegou em todo o rosto da Aline e ainda atingiu as crianças. Meu filho estava de casaco, roupa pesada, e mesmo assim pegou nele”, contou.

O caso foi registrado na Delegacia da Mulher de Guarujá, ontem. A declaração da vítima foi obtida no hospital. Até a noite de ontem, a suspeita do crime ainda não havia sido localizada.

Últimas de _legado_Brasil