Por paulo.gomes

Brasília - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), marcou para a próxima terça-feira, dia dia 19, a votação no plenário da Casa da indicação do jurista Luiz Edson Fachin para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo Renan, a ‘prudência recomenda’ votação na próxima semana.

Em sabatina ontem da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, que durou mais de dez horas, Fachin falou sobre temas polêmicos, como maioridade penal, ativismo judicial, movimentos sociais, reforma agrária, mensalão do PT, financiamento eleitoral, família, lei da anistia, religião e liberdade de expressão e de imprensa.

Você pode gostar