Liderados por Cunha, 13 parlamentares e mulheres fazem turnê internacional

Deputados vão até Israel e Rússia

Por O Dia

Israel - O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi recebido ontem com honras de chefe de Estado durante visita a Israel, no início de sua turnê no exterior ao lado de 13 parlamentares aliados. O ex-presidenciável Pastor Everaldo (PSC), amigo de Cunha, também faz parte do grupo, que conta com os líderes do PMDB, Leonardo Picciani (RJ), e do PTB, Jovair Arantes (GO), fiéis escudeiros do presidente da Câmara. No roteiro, está prevista uma ida à Rússia.

Seis dos deputados viajaram acompanhados de suas esposas — incluindo Cunha. Eles estão hospedados no hotel Waldorf Astoria, o mais luxuoso de Jerusalém, capital de Israel. A assessoria da Câmara informou que alguns dos presentes à comitiva foram convidados, reduzindo os custos da viagem para a Casa. “Apenas as passagens dos parlamentares serão custeadas pela Câmara dos Deputados. O presidente não receberá valores referentes às diárias”, diz trecho da nota.

Além dos líderes partidários, Cunha levou deputados que cumpriram “missões” importantes para o presidente da Casa, como Rodrigo Maia (DEM-RJ). Ele era o presidente da Comissão Especial da Reforma Política e depois foi designado relator da proposta.

Eduardo Cunha se reuniu com Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel, e com Yuli Edelstein, presidente do Knesset, o Parlamento. Em encontro com o líder da oposição, Cunha comparou os cenários políticos. “Assim como a oposição em Israel, a brasileira não é ao país, e sim ao governo”.

No encontro com as lideranças israelenses, o deputado ouviu apelos para que o Brasil ajude Israel a se manter no quadro de países associados à Fifa, entidade máxima do futebol. A delegação palestina chegou a apresentar moção que pediu a expulsão do país.

Últimas de _legado_Brasil