Pesquisa: 87% dos brasileiros aprovam a redução da maioridade penal

Percentual é exatamente o mesmo da pesquisa de abril, o maior desde o primeiro levantamento sobre o tema

Por O Dia

Rio - A redução da maioridade penal, de 18 para 16 anos, é apoiada por 87% dos entrevistados em uma pesquisa divulgada pelo Datafolha nesta segunda-feira. Ao todo, 2.840 pessoas foram ouvidas em 174 municípios do país. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

O percentual é exatamente o mesmo da pesquisa de abril, o maior desde o primeiro levantamento sobre o tema.

Segundo o levantamento, 73% acham que a redução deveria ser aplicada para qualquer tipo de crime, e 27% para determinados crimes.

Aqueles que se manifestaram contra a alteração na Constituição são 11%, além de 1% de indiferentes e 1% não soube responder.

Entretanto, caso os entrevistados pudessem sugerir outra idade para uma pessoa ir para a cadeira por um crime que cometeu: 11% dos entrevistados disseram que a idade mínima deveria ser de 12 anos; 26% acham que deveria ser de 13 a 15 anos; 46% das pessoas acreditam que a redução deveria ser de 16 a 17 anos; 12% sugeriram 18 a 21 anos e 4% não souberam responder.

Na última quarta-feira, a comissão especial da Câmara dos Deputados que discute a maioridade penal aprovou o relatório do deputado Laerte Bessa (PR-DF) que reduz de 18 para 16 anos para crimes considerados graves.

O relatório precisa ainda ser votado em plenário e, por ser uma proposta de emenda à Constituição, a proposta precisará de, no mínimo, 308 votos para ser aprovada. Caso passe, ela terá que ser votada também em segundo turno na Câmara e depois em dois turnos no Senado.

Últimas de _legado_Brasil