Por daniela.lima

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, chegou neste domingo aos Estados Unidos para se juntar à comitiva da presidenta Dilma Rousseff. Na noite da sexta-feira, Levy havia sido hospitalizado e diagnosticado com embolia pulmonar. Segundo a assessoria do ministério, o médico desaconselhou a viagem, mas ele quis ir mesmo assim. 

O atual ministro Joaquim Levy já está nos EUAWilson Dias / Parceiro / Agência Brasil


Levy embarcou na noite de sábado em um voo comercial. Ele chegou em Nova York por volta das 12h30 (horário de Brasília), depois de fazer escala em Miami. No hotel, ele falou com jornalistas. Questionado se descumpria ordens médicas, ele negou. “Não. Não descumpro ordem de ninguém. Sou muito obediente”, disse Levy.

Ele também comentou a redução do teto da meta central de inflação para 2017. “Acho que é bom, é mais uma etapa, né, de a gente estar fortalecendo o sistema de metas de inflação. Eu acho que ele aumenta a previsibilidade da economia brasileira e com isso ajuda o trabalho que a gente está fazendo”, afirmou.

A viagem da presidente Dilma Rousseff aos EUA conta com 11 ministros e inclui um encontro com o presidente Barack Obama. Dilma e sua comitiva pousaram no Aeroporto Internacional John F. Kennedy, em Nova York, por volta das 20h de sábado e, às 21h15, chegaram ao hotel. A presidenta não falou com a imprensa, que a aguardava no hotel.

Você pode gostar