Mulher morre após fazer cirurgia para remover estrias

A vítima teve infecção generalizada depois de passar por três procedimentos estéticos no mesmo dia

Por O Dia

Santos - Uma mulher morreu nove dias após passar por uma cirurgia estética em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Daniela de Sá Avighi, de 36 anos, teve infecção generalizada depois de fazer lipoaspiração, peeling para tirar estrias e implante de silicone nos seios. Um boletim de ocorrência foi registrado pelo irmão da vítima, nesta segunda-feira, no 1º Distrito de Praia Grande.

De acordo com o jornal A Tribuna, o irmão da paciente, Claudio Avighi, afirmou que Daniela passou pelos três procedimentos estéticos no mesmo dia. "Ela fez esse três procedimentos no mesmo dia e teve alta, logo em seguida . A partir disso, ela começou a ter problemas de dores, ter a pressão baixa, mas achávamos que tudo isso era normal”, disse Claudio.

A vítima teve infecção generalizada depois de passar por três procedimentos estéticos no mesmo diaReprodução Facebook

Após alguns dias sentindo dores, Daniela procurou um Pronto Socorro da região e foi constatado que seu estado era grave. A vítima foi encaminhada para um hospital de Santos. "Um dos médicos constatou que ela teve infecção generalizada. Acredito que em decorrência de um raspagem agressiva que se tornou uma queimadura de segundo grau”, afirmou o irmão da vítima.

Ainda de acordo com o jornal, a família de Daniela questiona se os procedimentos da cirurgia feitos por um cirurgião no Hospital Canto do Forte, em Praia Grande, foram corretos. "Se uma paciente dele faleceu, talvez por conta da cirurgia que ela fez com ele, ele deveria no mínimo dar uma atenção para a família dela, esclarecer os fatos, me receber para a gente conseguir esclarecer tudo. Ele sumiu", disse Claudio.

Até o momento, o médico responsável pelos procedimentos não se manifestou sobre o assunto. O caso será investigado como lesão corporal seguida de morte.

Últimas de _legado_Brasil