Por karilayn.areias

São Luís - O rapaz identificado como Cledenilson Pereira da Silva, 29 anos, que foi linchado até a morte na última segunda-feira após tentar assaltar um bar em São Luís, não tinha nenhuma passagem pela polícia e nunca respondeu na Justiça por qualquer delito. A informação foi divulgada nesta sexta-feira por autoridades locais.

LEIA MAIS: Suspeito é amarrado em poste e apanha até morrer de populares O assassinato do homem pegou de surpresa seu pai e sua madastra que chegaram a fretar um ônibus para levarem parentes e amigos para o enterro.

Cledenilson, que era conhecido como Xandão, foi amarrado em um poste e agredido a socos, pontapés e pauladas no início desta semana. Ele agia com um comparsa, que seria um rapaz de 16 anos, que também foi agredido. O adolescente foi encaminhado para a Delegacia do Adolescente Infrator e liberado após depoimento. Com ele, foi apreendido um revólver calibre 38.

O caso é investigado em sigilo pela Delegacia de Homicídios da capital maranhense, que trabalha para identificar os autores do linchamento. Até o momento, nenhum suspeito foi detido.

Homem foi linchado até a morte por populares em São Luís Divulgação



Você pode gostar