Senado pergunta para a população se igrejas devem passar a pagar impostos

Proposta partiu de grupo de ateus do Distrito Federal. Maioria dos comentários no Facebook é contrário à medida

Por O Dia

Brasília - O Senado Federal lançou uma pesquisa nas redes sociais perguntando à população se as igrejas devem passar a pagar impostos no Brasil. A proposta partiu de um grupo de ateus do Distrito Federal e ganhou a adesão da ATEA ( Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos), que conta com 15 mil integrantes. A organização conseguiu reunir as  20 mil assinaturas suficientes para que a petição seja analisada por uma comissão da casa revisora do Congresso Nacional. Pelo caráter da inciativa, vai seguir para a Comissão de Direitos Humanos.

Senado lançou enquete perguntando para a população se igrejas devem pagar impostosReprodução Facebook

Na justificativa, o grupo de ateus argumentou que "os constantes escândalos financeiros que líderes religiosos protagonizam estão tornando-se o principal motivador da ideia de que a imunidade tributária das igrejas deve ser banida. O Estado é uma instituição laica e qualquer organização que permite o enriquecimento de seus líderes e membros deve ser tributada”.

O presidente da Atea, Daniel SottoMaior, espera que o Congresso faça a discussão necessária sobre a proposta. "Esperamos que haja um debate mais amplo do que existe hoje, porque as questões de laicidade, apesar de no papel existir há mais de 120 anos,  na prática é só para ingles ver. A gente espera colaborar com a discussão para que a sociedade entenda a importância da separação entre igreja e Estado. A questão praticamente não avançou, são coisas muito obscuras que as pessoas precisam começar a entender", comentou.

No Facebook, 18 mil pessoas já curtiram a página desde a publicação. A maioria dos comentários é contra a proposta. 

Comentários contra

 -  Sou adventista infelizmente reconheço que a forma que algumas igrejas utilizam o dízimo e doações deixam uma imagem, negativa, falta transparência, deveriam ter a decência de declarar cada centavo, as pessoas não devem confundir a má utilização por parte de umas denominações e generalizar, o dízimo é para manter a vida do pastor de uma forma digna, construção de novas igrejas instituições, já que não recebe ou não deveria receber investimento do estado, para não ter dívida com esse ou aquele político ou partido... Enfim, criar um portal de transparência e obrigar as declarações de cada igreja acredito que seria suficiente... Já pensou denominações mal intencionadas pagando imposto abrir um canal com certos políticos rsrsrs seria o apocalipse político rsrs

- Se nao fosse o trabalho das Igrejas o numero de doentes seria bem maior nos hospitais publicos, nao se tem ideia do quanto economizou o governo, e so verificar o numero de testemunhos de curas nas Igrejas, eu falo isso pq ja fui curado de problema cardiaco e assim evitou que fizesse cirurgia, com isso o governo saiu ganhando...

-- As igrejas (no geral) fazem hoje um papel que o estado não tem capacidade de fazer!!! Fiscalizar a renda das instituições para avaliar se o patrimônio não está sendo desviado é uma coisa, agora cobrar impostos ? Quem mais recupera dependente químico são as igrejas! E não cobramos nada por isso!
Oferta e dízimo estão na bíblia... Se não gostam reclamem com Deus... A Igreja não tem vantagem nenhuma... É mais do que justo o governo inzentar de impostos ( territoriais, pois os demais pagamos como qualquer um) pois estamos ajudando a sociedade no geral! 

-  Tributar igrejas é violação à liberdade religiosa! Evidentemente inconstitucional. A imunidade das Igrejas está diretamente relacionada ao direito fundamental à liberdade religiosa e, portanto, é cláusula pétrea.

- A igreja no Brasil tem um papel muito além do culto religioso e da fé, possui diversas ações ações de tratamento a alcolatras e dependentes químicos; andarilhos e ajuda a crianças e famílias carentes, além de diversas ações sociais ao redor do mundo. Logo, com a cobrança de impostos às igrejas todas essas medidas adotadas afim de melhoria social ficará comprometida ou de forma reduzida.


Comentários a favor

 - Concordo!!! Precisa colocar fim na "máfia religiosa"!! Os templos de hoje, em sua maioria, são lavandeiras de dinheiro sujo, grana que vai para o exterior e não volta!!

- Não é a toa que existe uma em cada esquina. Esta situação virou um verdadeiro comércio, isso porque na bíblia há uma passagem em que Jesus Cristo se descontrola ao perceber que o templo tinha virado um comércio, mal sabia ele que, dois mil e tantos anos depois ainda seria. Poor Jesus!

- A verdade é que a imunidade tributária é desvirtuada. Pastores usam ferraris que não pagam IPVA. Templos gigantescos não pagam IPTU. E para cada um que não paga, todos pagam a mais. Porque eu tenho que ajudar involuntariamente o império do Edir Macedo, por exemplo?

- Sou totalmente a favor, só assim pra frear essa onda de igrejas charlatonas que prometem mundos e fundos

- Não é a toa que existe uma em cada esquina. Esta situação virou um verdadeiro comércio, isso porque na bíblia há uma passagem em que Jesus Cristo se descontrola ao perceber que o templo tinha virado um comércio, mal sabia ele que, dois mil e tantos anos depois ainda seria. Poor Jesus!









 

Últimas de _legado_Brasil