Polícia prende quadrilha suspeita de falsificar cerveja em São Paulo

Os suspeitos usavam tampinhas de garrafas recolhidas por catadores de lixão para lacrarem os produtos falsificados

Por O Dia

São Paulo - A Polícia Civil de São Paulo prendeu, nesta terça-feira, uma quadrilha suspeita de falsificar cerveja e utilizar tampinhas de garrafas recolhidas por catadores de lixão, em Itaquaquecetuba, na Região Metropolitana da capital paulista.

Na operação, foram detidos 14 homens suspeitos e apreendidas 4.680 garrafas falsificadas prontas para serem comercializadas, além de rótulos de marcas famosas de cervejas e centenas de tampinhas sujas.

Segundo informações da polícia, a especialidade da quadrilha era transformar marcas mais baratas de cerveja em bebidas conhecidas por meio da troca dos rótulos das garrafas. Os suspeitos também usavam tampinhas provenientes de lixões para lacrarem o produto.  

Os suspeitos usavam tampinhas de garrafas recolhidas por catadores de lixão para lacrarem os produtos falsificadosDivulgação Polícia Civil

"Retiravam as tampinhas originais e colocam as outras sem nenhum cuidado com a higiene. O único procedimento era limpar a tampinha suja na camiseta”, contou o delegado Fábio Pinheiro Lopes.

Os policiais da 5° Delegacia de Roubo a Bancos, do Deic (Departamento Estadual de Investigação Criminais), buscavam envolvidos em crimes contra bancos, mas desconfiaram da movimentação em um salão na região. A equipe acabou flagrando a linha de produção em pleno funcionamento. Os presos responderão por crime contra a saúde pública.




Últimas de _legado_Brasil