Instituto Lula é alvo de ataque a bomba

Artefato era pequeno, diz secretaria de segurança de São Paulo

Por O Dia

São Paulo - O Instituto Lula classificou de “ataque político” A bomba caseira atirada contra a sede da entidade a noite de quinta-feira. “Sabemos que foi uma provocação. A democracia não comporta este tipo de manifestação. Ontem mesmo tivemos uma manifestação de dez pessoas aqui na frente protestando contra o Lula e foi tudo bem, era pacífica. Mas uma bomba caseira nos surpreendeu completamente”, afirmou Celso Marcondes, diretor do Instituto Lula.

As câmeras do local marcavam 22h18 quando um carro escuro, tipo sedan, parou em frente ao portão do Instituto, no bairro do Ipiranga, em São Paulo. De dentro do veículo foi arremessado um artefato caseiro que, feito com material inflamável e pregos, estourou, danificando o portão da garagem.

Apesar de o Instituto Lula ser vizinho de um hospital e de um batalhão da Polícia Militar, nenhum funcionário foi comunicado sobre o fato durante a noite.Os primeiros que chegaram para trabalhar, por volta das 8h, é que tomaram conhecimento do ataque e chamaram a polícia.

Últimas de _legado_Brasil