Polícia prende serial killer de Maringá, no Paraná

Homem confessou que assassinou, ao menos, seis mulheres

Por O Dia

Curitiba - Um homem identificado como Roneys Fon Firmino Gomes, de 40 anos, confessou nesta sexta-feira ser o serial killer de Maringá, no Paraná. O vendedor de carros autônomo afirmou em interrogatório ser o autor de uma série de crimes iniciada em 2010. 

Sua última vítima foi a prostituta Mara Josiane dos Santos, de 36 anos, encontrada morta na tarde de segunda-feira em uma lavoura de milho próximo a PR-317. Incialmente, Roneys tentou negar o crime, mas depois acabou confessando. Ele também teria matado Ariele Natalia da Silva, 24 anos, mulher citada por ele durante o interrogatório. O homem também afirmou ter matado, ao menos, seis mulheres. 

Roneys teve a prisão decretada ontem e deve ser apresentado a imprensa ainda nesta terça-feira. Todas as suas vítimas atuavam como garota de programa e tiveram os corpos desovados de formas semelhantes. 

Serial killer de Maringá é preso Ricardo Lopes/O Diário do Norte do Paraná


Últimas de _legado_Brasil