Ex-meia do Corinthians é preso por tentar furtar caixa eletrônico

Piá e flagrado tentando usar um 'chupa cabra' para pescar envelopes de depósito nos terminais. Dois cheques, de R$ 4 mil e de R$ 5 mil, foram apreendidos

Por O Dia

São Paulo - O ex-meio campo do Corinthians, Reginaldo Rivelino Jandoso, conhecido como Piá, foi preso em flagrante, na noite desta sexta-feira, tentando "pescar" envelopes nos caixas automáticos de uma agência bancária da Vila Falcão, em Bauru, São Paulo. De acordo com a Polícia Militar, ele o comparsa foram flagrados tentando usar um "chupa cabra" em uma das máquinas. Esta é a terceira vez que o ex-meia aparece envolvido no mesmo crime, furto à terminais eletrônicos, em menos de dois anos.

Piá e o comparsa foram flagrados tentando "pescar" os envelopes nas máquinasReprodução TV TEM

Os policiais chegaram ao local após o alarme do banco em que os assaltantes estavam, na Rua dos Andradas, disparar. A PM informou que Piá e o companheiro, Humberto de Oliveira Leite, teriam agido em outra agência no bairro Bela Vista. Com a dupla, foram apreendidos instrumentos que faziam o trabalho, conhecido como chupa cabra, e envelopes "resgatados". Segundo a TV Tem, um dos cheque continham o valor de R$4 mil e outro de R$ 5mil.

Segundo a polícia, esta é a terceira vez que o ex-jogador é preso por furto a caixas eletrônicos. Divulgação

O ex-atleta, que já teve passagens por outros clubes como Ponte Preta e Santos, parou de jogar em 2011. Em janeiro do ano passado, Piá passou 21 dias no Centro de Detenção Provisória de Hortolândia, após ser indiciado por tentativa de furto qualificado a um caixa eletrônico de Campinas. Em seguida, esteve envolvido em outro furto em Americana. Há 16 anos, quando ainda jogava pelo Ponte Preta, ele foi absolvido pela justiça após ser acusado de ser o coautor de um homicídio em Limeira. 

Últimas de _legado_Brasil