Professora é agredida por aluna e irmãs

Ato violento aconteceu durante celebração do Dia dos Pais na Escola Municipal Padre Afonso Kist, em Parobé (RS)

Por karilayn.areias

Porto Alegre - Um caso de agressão chocou o município de Parobé, no Rio Grande do Sul. A professora Luciana Fernandes, 23 anos, foi agradedida no último sábado por uma aluna e duas irmãs dela, que eram maiores de idade. O ato violento aconteceu durante celebração do Dia dos Pais na Escola Municipal Padre Afonso Kist. 

De acordo com a secretaria de educação do município, Maristela Toffoli Rossatto, a aluna já apresentava um comportamento agressivo no dia a dia e a agressão ocorreu sem nenhuma motivação aparente. "Estamos averiguando o ocorrido, mas tanto a professora quanto a aluna estão recebendo apoio psicológico. Já solicitamos a ajuda da assistência social para amparar e restruturar essa família, já que as duas irmãs da aluna também participaram do ato", disse.

Uma reunião com pais e professores aconteceu ontem para discutir qual seria a punição da adolescente e quais medidas serão tomadas para evitar que casos como esse se repitam. A professora está de licença e será realocada em outra escola a pedido dela. Já a aluna também será transferida de colégio e o conselho tutelar acompanha o caso. A ocorrência foi registrada na Polícia Civil que já iniciou as investigações.

Ainda de acordo com Maristela, as aulas na escola estão ocorrendo parcialmente já que outros docentes estão muito abalados com o ocorrido. "A Luciana foi agredida fisicamente, porém outros docentes foram 'feridos' emocionalmente. Quando um professor é ferido, a categoria toda é atingida", concluiu.  

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia