Alberto Youssef e Paulo Roberto Costa serão ouvidos na CPI da Petrobras

Acareação entre delatores será nesta terça-feira

Por O Dia

Brasília - A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga as irregularidades e o escândalo de corrupção na Petrobras faz hoje uma acareação entre o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor de Abastecimento da estatal Paulo Roberto Costa. Youssef , apontado como um dos cabeças do esquema investigado pela Operação Lava Jato da Polícia Federal, foi o primeiro delator a dizer que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), recebeu propina de contratos firmados entre a estatal e fornecedores.

Será a segunda acareação entre os dois. A primeira foi realizada pela Polícia Federal em junho e durou cerca de nove horas na sede das investigações, em Curitiba. O objetivo dos investigadores era analisar divergências entre os depoimentos de ambos em relação às eleições de 2010. Na CPI, o encontro entre Youssef e o ex-diretor foi autorizado pela PF e estava previsto para o começo de agosto, mas foi adiado por problemas de saúde de Costa.

Últimas de _legado_Brasil