Após Agenda Brasil, partidos da base na Câmara lançam 'Pauta da Virada'

Projeto inclui sugestões para a retomada do crescimento econômico do país

Por O Dia

Brasília - Os partidos aliados ao governo da presidente Dilma Rousseff na Câmara apresentaram nesta quarta-feira uma lista de propostas, chamadas por eles de “Pauta da Virada”, que seriam sugestões para a retomada do crescimento econômico a serem incorporadas na Agenda Brasil, apresentada há duas semanas pelo Senado.

A primeira das 26 propostas listada pelos líderes é “adotar medidas para a redução dos juros e de manutenção do câmbio em patamares que assegurem a competitividade da produção nacional”.

Os deputados também defendem ações para realização de receitas não-tributárias, “como a securitização da dívida ativa da União, Estados e municípios e a repatriação de ativos financeiros”.

Na área tributária, o documento defende a redução da tributação sobre o consumo e sobre a circulação de bens e serviços e o aumento progressivo da cobrança sobre grandes fortunas, heranças, grandes propriedades, o setor financeiro e as remessas de lucros para o exterior.

O documento é assinado pelos líderes, na Câmara, de PT, PCdoB, PRB, PP, PR, PROS, PSD, PRP, PRTB, PSDC, PSL, PMN, PTC, PTdoB e PTN. O PMDB não assina a lista.

O documento afirma que a agenda proposta pelo Senado colocou em pauta propostas para a economia, deslocando o centro dos debates, até então pautados no ajuste fiscal e nas dificuldades políticas.

“Os lideres da base da Câmara dos Deputados resolveram apresentar sua contribuição construindo alternativas ao seu conteúdo e permitindo ampliação do diálogo com as duas Casas, com o governo e a sociedade”, diz a nota.

Últimas de _legado_Brasil