Por gabriela.mattos

Belo Horizonte - A Polícia Civil apresentou as conclusões sobre a investigação do atropelamento da modelo Paola Antonini, de 20 anos, em dezembro do ano passado, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, que teve que amputar uma das pernas. O inquérito foi finalizado e entregue, nesta segunda-feira, à Justiça.

Paola Antonini%2C de 20 anos%2C foi atropelada em dezembro do ano passado. Ela teve que amputar uma das pernasReprodução Instagram

De acordo com o delegado Rodrigo Otávio Gomes Fagundes, a suspeita de 24, foi indiciada por lesão corporal culposa. Na madrugada do dia 27 de dezembro do ano passado, a suspeita chocou seu carro na traseira de outro veículo, que estava estacionado, na avenida Raja Gabaglia. Na ocasião, a modelo e o namorado colocavam a bagagem no porta-malas do carro atingido. Paola teve as pernas prensadas entre os carros e chegou a perder um dos membros.

A motorista passou pelo teste do bafômetro, que registrou 0,53 miligramas de álcool por litro de ar expelido. Ela teria se distraído com o celular, além de estar bêbada.

Fonte: IG

Você pode gostar