Marinha brasileira salva 220 migrantes

Corveta rumava para o Líbano e atendeu pedido de socorro de barco com risco de afundar

Por O Dia

Rio - Uma corveta da Marinha do Brasil resgatou nesta sexta-feira 220 migrantes no Mar Mediterrâneo de uma embarcação superlotada com risco de naufrágio. Segundo a Marinha, entre os migrantes havia 94 mulheres, 37 crianças e 4 bebês de colo, muitos deles extremamente debilitados.

Corveta ‘Barroso’ rumava para o Líbano e atendeu pedido de socorro de barco com risco de afundarDivulgação

O navio brasileiro rumava para o Líbano quando recebeu comunicado do Centro de Busca e Salvamento Marítimo (MRCC) italiano. Outros dois navios-patrulha italiano participaram do resgate.

A embarcação tinha 400 migrantes. Todos foram encaminhados para o porto de Catânia. A corveta 'Barroso' saiu no dia 8 de agosto do Rio para substituir a Fragata 'União' na Força-Tarefa Marítima da Nações Unidas (FTM-UNIFIL) no Líbano.

Últimas de _legado_Brasil