Brasil quer facilitar visto de refugiados

Governo espera que medida reduza drama de fugitivos sírios

Por O Dia

Rio - O governo brasileiro vai facilitar a imigração de sírios e espera que a medida contribua para a redução do sofrimento de milhares de refugiados que tentam escapar da guerra nos países sacrificados pela tirania do grupo terrorista Estado Islâmico.

A ideia do Ministério da Justiça é ampliar os prazos dos documentos de permanência dos imigrantes no Brasil. A decisão do governo federal ocorreu 24 horas depois de uma fragata brasileira resgatar 220 sírios e libaneses nas águas do Mediterrâneo. Entre os refugiados havia 94 mulheres, 37 crianças e quatro bebês. O navio havia partido do Rio de Janeiro em oito de agosto para participar de Missão da ONU na Itália. Quando estava a 300 quilômetros da Sicília, a embarcação recebeu um pedido de ajuda do Centro de Busca e Salvamento da Itália e partiu para a missão de socorro.

LEIA TAMBÉM: Dilma envia ministro para mediar crise de deportados na Venezuela

Refugiados sírios e libaneses chegaram na embarcação brasileira com fome. Havia 37 crianças e 4 bebês Divulgação

Alexandre Amendoeira, comandade do navio, contou que os resgatados estavam há dois dias sem comer e viajavam num pequeno barco pequeno de madeira.

BOA NOTÍCIA

O chanceller austríaco anunciou ontem que Áustria e Alemanha aceitam receber todos os 1200 refugiados sírios e libaneses que a Hungria decidiu expulsar do país e que há uma semana percorrem estradas e se espremem nas estações de trem húngaras.

Últimas de _legado_Brasil