Por marcelle.bappersi
Jamel se diz aliviado por se sentir "em paz" na cidade mineiraReprodução Facebook

Minas Gerais - O nascimento de um bebê, filho de sírios refugiados no Brasil, em Belo Horizonte, na noite da última terça-feira, provocou grande comoção na cidade mineira. Segundo o Hospital Santa Casa, Adbo Jamel Adra nasceu por volta das 18h30, de parto normal, e já teve alta com sua mãe. 

De acordo com o Jornal O Tempo, o pais do recém-nascido, Nsrine Chahla, de 22 anos, e Jamel Aladra, de 34, chegaram ao Brasil há um ano e dois meses na tentativa de restabelecer uma vida longe da guerra civil que assola a Síria. O casal ficou um período em São Paulo, depois foi para Belo Horizonte, onde está há seis meses,  e afirma que se sente "em paz". "Aqui é bom, pois não tem guerra", disse Jamel, que decidiu se refugiar no Brasil após o Estado Islâmico sequestrar seu tio.

O refugiado conta que morava em Homs, na Síria. Ele relata que viu de casa todas as atrocidades cometidas quando o exército do EI tomou o controle da vila e toda a religião cristã. "Os moradores eram trancados dentro de suas casas. E alguns deles foram mortos".

No momento, a família mora sozinha em um apartamento no centro de Belo Horizonte, e ainda contam com a solidariedade de brasileiros. Os dois esperam encontrar um emprego e garantir um futuro melhor para o filho. 


Você pode gostar