Por marcelle.bappersi

São Paulo -A Central Nacional Unimed deve socorrer os clientes da Unimed Paulistana que não conseguirem ser atendidos, determinou nesta quinta-feira uma juíza de São Paulo a partir de um pedido do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec).

No Hospital da Unimed%2C em Volta Redonda%2C foram registrados dois casos. Em em deles%2C família de paciente internado teve prejuízo de R%24 10 milDivulgação

A liminar (decisão provisória) vale para todo o Brasil e foi concedida pela juíza Maria Rita Rebello Pinho Dias, da 18ª Vara Cível de São Paulo. Procuradas nesta sexta-feira (18), as duas operadoras informaram não ter sido notificadas da decisão. A Paulistana ressaltou que cumpre todas as determinações judiciais.

A sentença obriga a Central a oferecer "os serviços médico/laboratoriais e hospitalares, incluindo cobertura obstetrícia e odontológica" previstos nos contratos dos clientes com a Paulistana, especialmente em situações de urgência e emergência, caso essa operadora não consiga encaminhá-los em 24 horas à rede credenciada.

Advogada do Idec, Mariana Alves Tornero, esclarece que a decisão não significa, necessariamente, atendimento em 24 horas caso o contrato ou a legisação preveja prazos mais longos. "Ela tem 24 horas para fazer o etendimento ou agendar o atendimento."

Veja os prazos máximos de atendimento estabelecidos pela lei

Procedimento

Prazo máximo (em dias úteis)

Consulta básica - pediatria, clínica médica, cirurgia geral, ginecologia e obstetrícia                             7

Consulta nas demais especialidades                                                                                                    14


Consulta/sessão com fonoaudiólogo                                                                                                     10


Consulta/sessão com nutricionista                                                                                                         10


Consulta/sessão com psicólogo                                                                                                             10


Consulta/sessão com terapeuta ocupacional                                                                                         10


Consulta/sessão com fisioterapeuta                                                                                                        10


Consulta e procedimentos realizados em consultório/clínica com cirurgião-dentista                               7


Serviços de diagnóstico por laboratório de análises clínicas em regime ambulatorial                             3


Demais serviços de diagnóstico e terapia em regime ambulatorial                                                          10

Procedimentos de alta complexidade                                                                                                       21

Atendimento em regime de hospital-dia                                                                                                   10

Atendimento em regime de internação eletiva                                                                                          21


Urgência e emergência
Imediato
Consulta de retorno
A critério do profissional responsável pelo atendimento
Caso o cliente da Unimed Paulistana perceba que a decisão foi descumprida, pode fazer denúncia ao Idec (www.idec.org.br), que foi incumbido de relatar o caso à Justiça. É possível obter uma cópia da liminar no site do instituto.

A Central é a maior das 351 operadoras do sistema Unimed, com 1,7 milhão de beneficiários. A Paulistana tem 744 mil.

A Paulistana, que continua a receber as mensalidades e tem provisões de R$ 207,5 milhões, deverá repassar à Central os recursos necessários para o atendimento dos beneficiários.

Fonte: IG

Você pode gostar