Por gabriela.mattos

Paraíba - Um recém-nascido foi encontrado morto dentro de uma lata de lixo, na manhã desta segunda-feira, no bairro José Américo, em João Pessoa. De acordo com a Polícia Civil, o bebê ainda estava com o cordão umbilical e restos da placenta. Responsável pelo caso, o delegado Reinaldo Nóbrega disse que a menina não tinha marcas de violência e que devia ter sido jogada no local horas depois de nascer.

O bebê foi encontrado por um catador de lixo, que estava procurando materiais para reciclagem. Depois, ele logo contactou a polícia e o Samu para resgatar o recém-nascido. Segundo o delegado, um funcionário de uma padaria perto da região escutou uma pessoa jogando o saco de lixo de madrugada, perto de 4h, mas não conseguiu ver quem era. "Ele ainda disse que ouviu um choro de criança durante a madrugada", acrescentou o delegado.

O corpo da criança foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para passar por uma perícia. Nóbrega afirma que a polícia ainda não tem suspeitos de quem tenha jogado o recém-nascido no lixo. "Vamos analisar ainda as câmeras de segurança dos prédios que têm no entorno do local. Também estamos esperando denúncias anônimas no Disque Denúncia", conta o delegado.

Reportagem de Gabriela Mattos

Você pode gostar