Por clarissa.sardenberg

São Paulo - Agentes do Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) da Polícia Militar foram chamados à Avenida Paulista na manhã desta segunda-feira para desarmar uma suposta bomba. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a interdição aconteceu após ser encontrada uma mochila contendo um cilindro de gás em um ponto de táxi da avenida, na altura do número 149. 

Avenida Paulista chegou a ficar interditada por cerca de três horas após suspeita de bomba Reprodução TV Globo

A suspeita causou a interdição de um trecho da via, próximo à estação de metrô Brigadeiro, e o material foi recolhido. A PM informou que fez análises e o material não foi identificado como bomba. 

O local permaneceu interditado das 7h53 às 11h05, após a policiais da 78º DP receberem a denúncia da existência e localização do artefato, que poderia explodir na via mais conhecida da cidade de São Paulo.

Fonte: IG

 


Você pode gostar