Homem é preso ao tentar matar ex-namorada dentro de motel

Suspeito obrigou a mulher a ir ao estabelecimento e manter relações sexuais com ele

Por O Dia

Minas Gerais - Uma universitária foi rendida pelo ex-namorado, na tarde desta sexta-feira, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. O suspeito, que acabou preso, obrigou a ex-companheira a ir com ele até um motel e a manter relações sexuais com ele. Ao tentar se recusar, a vítima acabou sendo esfaqueada.

A recepcionista do motel localizado na rodovia Renato Azeredo, no bairro Vila Universal, contou à Polícia Militar (PM) que, por volta de 13h, o casal chegou ao local em um Chevrolet Prisma. Ao passar 30 minutos, a funcionária escutou gritos saindo da suíte 01, onde havia se hospedado o casal. A recepcionista resolveu ver o que estava acontecendo, e encontrou com Anny Loures de Castro Santo, de 23 anos, nua correndo pelo corredor. Em seguida, o suspeito apareceu, também sem as roupas, e com uma faca nas mãos.

O homem identificado pelas iniciais M.N.CR, de 27 anos, conseguiu interceptar a ex-namorada e com a faca deferiu vários golpes contra ela. Mesmo ferida, a universitária conseguiu correr, mas caiu ao chegar ao passeio. Um outro funcionário levou a jovem, que apresentava ferimentos no pescoço, nas costas e no tórax, para o Hospital e Maternidade Santa Helena, no bairro Petrolândia, em Contagem. A vítima passou por vários procedimentos e foi encaminhada para o Centro de Terapia Intensiva (CTI) em estado estável.

Já o suspeito, retornou para a suíte 01 e se trancou dentro do quarto. Com a chegada da polícia ele se recusou a abrir a porta, que foi arrombada pelos militares. No interior do quarto, os policiais se depararam com o suspeito que havia enviado a faca no próprio peito. Ele foi encaminhado para o Hospital Municipal de Contagem, onde segue internado, sob escolta policial.

Perícia

Os peritos técnicos da Polícia Civil estiveram no local e, além da faca usada no crime, eles encontraram outra faca no banco do carro da vítima.

Também foram encontrados na lixeira da suíte do motel, frascos de calmantes e soníferos, que podem ter sido usados pelo suspeito para tentar dopar a ex-companheira.

Tanto a jovem, quando o ex-namorado, passaram por exames para saber se algum deles ingeriram os medicamentos. O resultado ainda não foi divulgado.

Perseguição

O pai da jovem relatou aos militares que, por volta de 7h30, quando a filha se preparava para sair para a faculdade, uma vizinha alertou à família sobre a presença de um homem estranho no prédio.

Segundo o relato da moradora, ele estava encapuzado e com um capacete nas mãos. Algumas pessoas reconheceram o suspeito como sendo o ex-namorado de Anny. Mas, ao ser identificado, ele não foi mais encontrado no prédio no início da manhã.

Fonte: IG