Eduardo Cunha tem dois pareceres sobre o impeachment

Uma recomendação é a favor do afastamento de Dilma da presidência; outra é contra

Por O Dia

Brasília - Alvo da Operação Lava Jato, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), já teria em mãos dois pareceres da área técnica da Casa sobre o pedido de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff assinado pelos advogados Hélio Bicudo, Miguel Reale Júnior e Janaína Paschoal. Este pedido é considerado um dos principais protocolados na Câmara.

Cunha já teria em suas mãos dois pareceres da área técnica da CasaAgência Brasil

Aliados de Cunha informaram que ele teria um parecer favorável e outro contrário ao pedido. Ele teria avisado que irá decidir, no momento que considerar mais oportuno, qual deles dará encaminhamento.Mas à noite, Cunha soltou nota na qual afirma que “não recebeu qualquer parecer da área técnica da Casa sobre os pedidos de impeachment”.

Em almoço ontem com líderes aliados, Cunha teria dito que se o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, encaminhar um pedido ao Supremo Tribunal Federal (STF) defendendo seu afastamento da presidência da Câmara, decidirá monocraticamente, como lhe garante a lei, pelo encaminhamento favorável à abertura do processo de impeachment de Dilma. Caso Janot desista dessa ação, ele poderá arquivar o pedido de impeachment.

Últimas de _legado_Brasil