Corpo de ex-bailarina do Aviões do Forró é cremado em Guarulhos

Cerimônia de cremação reuniu amigos e familiares para a última homenagem à jovem morta pelo namorado: 'Os pais dela não querem que esse crime seja esquecido'

Por O Dia

São Paulo - O corpo de Ana Carolina Vieira, ex-bailarina do grupo "Aviões do Forró" e participante de um concurso de dança do Faustão, foi cremado neste domingo no Crematório Primaveras, em Guarulhos. 

Ana Carolina Vieira participou do concurso para ser bailarina do programa do FaustãoReprodução

Segundo a assessoria de imprensa do estabelecimento, a cerimônia de despedida da bailarina assassinada pelo ex-namorado teve início às 11h15 com a leitura de um texto escolhido pelos familiares. Em seguida, uma flor de lírio foi colocada em cima da urna ao som da música "Raridade", de Anderson Freire, e "Tão Sonhada", da Banda Eva, canções que marcaram a vida de Ana Carolina. 

A celebração chegou ao fim com orações, muita emoção e uma salva de palmas em homenagem à bailarina. "Os pais dela não querem que esse crime seja esquecido. Daí a importância de compartilhar esse momento com a imprensa", informou o assessor.

Morte brutal

A jovem foi estrangulada pelo namorado e encontrada morta na última quarta-feira, no apartamento em que morava, três dias depois do crime.

cerimônia de cremação do corpo de Ana Carolina VieiraDivulgação

De acordo com Thaís Barbosa, prima da vítima, a cearense de 30 anos foi morta por estrangulamento pelo namorado, Anderson Rodrigues Leitão. "Ele ficou com ela no apartamento por três dias. Ele colocou incenso para ninguém sentir o cheiro", contou.

A morte de Ana Carolina foi descoberta pelo zelador do prédio, localizado na Rua Vergueiro, no Sacomã, Zona Sul de São Paulo.

Ele sentiu um cheiro estranho vindo do apartamento da dançarina e ao entrar no local, que não estava trancado, se deparou com incensos e com o corpo de Ana Carolina coberto. Ainda segundo a prima, o namorado já apresentava sinais de violência contra Ana Carolina e também roubou dinheiro dela no passado. "Ele estava a ameaçando há meses."

Últimas de _legado_Brasil