Queda de avião mata dois executivos do Bradesco no interior de Goiás

A tripulação, cujos nomes não foram divulgados, também morreu na queda do jatinho

Por O Dia

Goiás - Os presidentes da Bradesco Seguros e da Bradesco Vida e Previdência morreram, na noite desta terça-feira, em um acidente aéreo. O Cessna, de modelo Citation VII, onde viajavam Marco Antônio Rossi e Lucio Flávio Conduru de Oliveira — mais o piloto e o copiloto — caiu na área rural de Guarda-Mor, em Catalão, na divisa de Goiás com Minas Gerais.

Queda do avião deixou quatro mortos na noite desta terça-feira%2C na divisa entre os estados de Goiás e Minas GeraisReprodução

A tripulação, cujos nomes não foram divulgados, também morreu na queda do jatinho. O avião saíra por volta das 18h35 de Brasília com destino a São Paulo e, minutos após decolar, perdeu altitude. A aeronave sumiu dos radares às 19h04. Fotos publicadas nas redes sociais atribuídas ao local do acidente mostram uma cratera de cinco metros de diâmetro e destroços carbonizados, o que indica que o avião explodiu ao colidir.

Marco Antônio Rossi, também presidente da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais e da Fides, era cotado para assumir a presidência do Bradesco, no lugar de Luiz Carlos Trabuco, ano que vem. A Bradesco Seguros, Vida e Previdência patrocina, todos os anos, a montagem da Árvore de Natal da Lagoa.

Últimas de _legado_Brasil